sexta-feira, 29 de abril de 2011

Armação Ilimitada


Armação Ilimitada foi um seriado brasileiro, voltado para o público adolescente da Rede Globo, exibido às sextas-feira às 21:20, entre1985 e 1988, e que misturava aventura e esportes além de outros temas típicos da Zona Sul do Rio de Janeiro.
O seriado integrava a faixa de programação Sexta Super, sendo exibido uma vez por mês em seu primeiro ano, e quinzenalmente a partir do segundo ano, em episódios de 45 minutos de duração.
O projeto foi concebido a partir de um esboço feito por Kadu Moliterno e André de Biase, que haviam trabalhado juntos na novela Partido Alto em 1984. A idéia foi concretizada por Daniel Filho, que apostou e investiu no seriado de aventuras apresentado em ritmo devideoclipes.
A série recebeu em 1985 o Prêmio Ondas, concedido pela Sociedade Espanhola de Radiodifusão,[1] considerado o Oscar televisivo da Europa.[2]

Juba (Kadu Moliterno) & Lula (André de Biase) - Dois amigos jovens que vivem juntos na Zona Sul carioca e têm uma pequena empresa de prestação de serviços, a Armação Ilimitada. Dentre as atividades a que se dedicam estão mergulho, pilotagem, competições esportivas e até mesmo trabalhar como dublês de filmes.Personagens

  • Zelda Scott (Andréa Beltrão) - filha do exilado político (Paulo José) e estagiária do jornal Correio do Crepúsculo, começa a ter uma relação amorosa com Juba e Lula, formando um triângulo amoroso nunca solucionado porque a moça não vê problema nenhum em amar os dois ao mesmo tempo.
  • Bacana (Jonas Torres) - um órfão muito esperto que se une a Juba, Lula e Zelda.
  • Chefe de Zelda (Francisco Milani) - Chamado apenas de "Chefe", o editor do Correio do Crepúsculo aparecia sempre caricaturado de acordo com o que falava com Zelda (sempre ao pé da letra). Por exemplo, quando dizia que despachava os assuntos do jornal, aparecia num ritual de candomblé.
  • Ronalda Cristina (Catarina Abdala) - melhor amiga de Zelda, e como esta mesma dizia, era a "rainha do último grito", ou seja, sempre aderia incondicionalmente à moda do momento.
  • Black Boy (Nara Gil) - DJ que narrava os acontecimentos direto de um estúdio de rádio.


Curiosidades

  • O seriado inovou em diversos aspectos, tanto no texto quanto nas imagens. Os episódios eram narrados por Black Boy (Nara Gil), um DJ que tocava músicas e, ao mesmo tempo narrava e comentava as tramas, num cenário de estúdio radiofônico, provavelmente inspirado em personagem do filme The Warriors de 1979.
    Armação Ilimitada
    , desde o seu término, já foi reapresentada várias vezes: em 1988, alguns episódios foram ao ar na Sessão Aventura; em 1990, foram uma das atrações do Festival 25 Anos; em 1997, quando a Globo perdeu os direitos dos jogos de futebol para o SBT e preencheu as tardes de domingo com reprises de programas antigos; e em 2005, comemorando os 40 anos da Rede Globo, no canal a cabo Multishow. De janeiro a abril daquele ano, foram reapresentados os 3 primeiros anos da série, na íntegra.
  • A trilha sonora, creditada a Ari Mendes, tem o riff de guitarra na abertura retirado quase que integralmente da música Say What You Will, da banda Fastway, em seu primeiro disco, de 1983.
  • Em 1989 o seriado foi sucedido pela série Juba & Lula, de curta duração.
  • Em 2008 foi lançado um box com 2 DVDs dos melhores episódios pela Som Livre.
  • Em Maio de 2011 serão reprisados alguns episódios no Canal Viva, substituindo o seriado "A Justiceira", em comemoração ao 1° ano do canal







Faixas 

01 – No Meio Da Rua – Kiko Zambianchi
02 – Nós Vamos Invadir Sua Praia – Ultraje à Rigor
03 – Raptar Você – Txã !
04 – Forever Gone – Sérgio Mendes & Zod
05 – Don’t Take My Coconuts – King Creole And The Coconuts
06 – Ticket To The Tropics – The Coconuts
07 – Rap Arrepiado – Sandra Sá
08 – Cai Fora (mo’basta) – Sandra Sá
09 – Por Querer – Marina Lima
10 – Never Gonna Die – Rough Cutt
11 – Rosas & Tigres – Gang 90
12 – Romance Internacional – Fred Nascimento
13 – Jovens Do Meu Tempo – Celso Fonseca
14 – James Dream – Herbert Richers Jr.
15 – Vê Se Some – Adriana Dolabella



Download






Faixas


01 Tema de Armação Ilimitada (Ari Mendes)
02 Que País É Este? (Legião Urbana)
03 Quadrinhos (Picassos Falsos)
04 Terceiro (Ultraje a Rigor)
05 Andar no Céu (Evandro Mesquita)
06 Os olhos de Zelda Scott (Joe)
07 Gatinha Manhosa (Leo Jayme)
08 Infinita Highway (Engenheiros do Hawaii)
09 Prova  (Capital Inicia)
10 Pros Que Estão em Casa (Hojerizah)
11 Quimeras (Zero)
12 Chuva de Mel (Rosa Púrpura)




Download

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Yahoo



 História

O Yahoo foi fundado em 1986 pelo guitarrista Robertinho do Recife, e contando com os músicos Zé Henrique (baixo e vocal), Marcelo Azevedo (teclado, guitarra e vocal) e Marcelão (bateria e vocal), a banda ficou conhecida por fazer versões do hard rock internacional com letras em português, alcançando enorme sucesso nas décadas de 1980 e 1990.
O disco de estréia da banda, intitulado apenas como Yahoo, ganhou destaque nacional com a canção "Mordida de Amor" (versão de "Love Bites", do Def Leppard), que foi tema datelenovela Bebê a Bordo[1] Outras canções que se destacaram neste disco foram "Pra Você Voltar" e "Delicious", esta última tema da novela O Salvador da Pátria.















Faixas


BOBO
NUNCA MAIS
PRA VOCÊ VOLTAR
AMOR ME CHAMA
MIL DOSES DE PRAZER
MORDIDA DE AMOR (LOVE BITES)
QUE SAUDADE QUE DÁ
DELICIOUS
NO PAÍS DO NADA
VIDA DE CACHORRO





No ano seguinte, com álbum novo, Oração da Vitória, a banda conseguiu emplacar outro sucesso: desta vez a canção "Anjo" (versão de "Angel" do Aerosmith), que foi tema da novela O Sexo dos Anjos. Agora, a banda contava com um novo integrante, Val Martins, que mais tarde, viria a se tornar um bem-sucedido cantor gospel.






















Faixas

01. Oração Da Vitória
02. A Entrega
03. Anjo
04. Liberdade
05. Angela
06. Estranho Paraiso
07. Alguém Especial
08. Promessas
09. Doce E Amargo



Em 1990, já sem Robertinho, o Yahoo lançou o álbum Yahoo 3. O disco não obteve o mesmo sucesso que os anteriores, mas destaque para as canções "Sonho Encantado", "Veneno" e "Somos a Luz da Manhã", as duas últimas temas do filme Sonho de Verão, no qual os músicos fazem parte do elenco.
Passando o ano de 1991 sem lançar nenhum disco, o Yahoo voltou em 1992 com o álbum Pára-Raio. Novamente com cinco integrantes (desta vez, quem entrou foi o guitarrista Serginho Knust, que já tocava com a banda como músico contratado desde 1989), a banda grava um álbum quase todo com músicas de hard rock, as canções "Pára-Raio" (versão de "Hide You Heart", do Kiss) e "Como o Vento" (versão de "Wind of Change", do Scorpions) mostram isso. Destaque também para a romântica "Paixão Esquecida", tema da novela Deus nos Acuda.
O álbum Caminhos de Sol (1994) deu uma nova alavancada na carreira da banda, que desta vez, já não conta com o guitarrista e tecladista Marcelo Azevedo. A canção "Caminhos de Sol" foi tema da novela A Viagem e emplacou em todas as rádios brasileiras.
Em 1996, já sem fôlego e sufocada pelo axé e pelo sertanejo, a banda sai da grande midia. Lançam o álbum Arquivo, sem tanta atenção da própria banda, que acaba se desfazendo e voltando suas atividades para seu estúdio de gravação, o Yahoo Studio, um dos mais requisitados estúdios de gravação e produção do Brasil.
Após dez anos sem gravar, o Yahoo volta lançando o álbum Versões, que traz os maiores sucessos do hard rock em versões em português. O disco conta com bandas como Journey, Kiss e Poison.
Em 2008, a banda lança um novo disco, Yahoo 20 Anos - Ao Vivo, em comemoração aos 20 anos de carreira. A canção inédita "De Volta Para o Amor" foi incluída na trilha sonora da telenovela Negócio da China, da Rede Globo.






Discografia

Formação Atual

Ex-integrantes

Ligações externas

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Ultraje a Rigor

Ultraje a Rigor é uma banda brasileira de rock, criada no início dos anos 80 em São Paulo. Idealizada por Roger Rocha Moreira (voz e guitarra base), obteve sucesso em 1983 no Brasil devido aos hits "Inútil" e "Mim Quer Tocar".




Em 1985 a banda ficou nacionalmente conhecida pelo álbum Nós Vamos Invadir Sua Praia que trouxe o primeiro disco de ouro e platina para o rock nacional, além de receber recentemente o título de melhor álbum brasileiro pela Revista MTV.[carece de fontes?]
A banda é um grande marco no cenário do rock nacional. Sua formação inicial era Roger, Leonardo Galasso (bateria, mais conhecido como Leôspa), Sílvio (baixo) e Edgard Scandurra (guitarra solo). Mal o nome foi adotado, Sílvio saiu para dar lugar a Maurício Defendi. Hoje, apenas Roger, idealizador da banda, continua desde a formação original.

História

Princípio (1980 a 1988)

O grupo Ultraje a Rigor começou como uma banda de covers[1] - principalmente Beatles, punk rock e new wave. A primeira formação, composta de Roger, Leôspa, Sílvio e Edgard Scandurra, começou a fazer pequenos shows em bares.[1] Em 1982, decidiram o nome da banda: Ultraje a Rigor, um trocadilho com "Traje a Rigor", direcionado a irreverência das canções deles. Roger, inicialmente, havia pensado em batizar a banda apenas como "Ultraje", mas Edgard, quando perguntado a respeito do nome, havia ouvido errado e dito: "hã? Como é? Que traje, o traje a rigor?". O trocadilho fez sucesso e o nome "Ultraje a Rigor" foi adotado.[1]
Brevemente, Silvio deixou a banda e foi substituído por Maurício Defendi. Em abril de 1983, a nova formação participa do primeiro show da banda apenas com composições próprias.[1] Após um desses shows, assinaram um contrato de gravação com o produtor Pena Schmidt, que fazia parte da WEA e trabalhou também com artistas como o Ira! (do qual Edgard fazia parte) e os Titãs. Eles haviam gravado seu primeiro single, "Inútil" e "Mim Quer Tocar", que, por problemas com a censura, não foi liberado até outubro daquele ano. Edgard, já membro do Ira!, encontrou-se impossibilitado de continuar a dividir seu tempo entre duas bandas e optou pela segunda. O jovem Carlo Bartolini, conhecido como Carlinhos, foi chamado para seu lugar.[1] Em 1984, com a nova formação, gravaram seu segundo single, "Eu Me Amo" e "Rebelde Sem Causa".




A primeira canção teve relativo sucesso, incentivado pela coincidência de seu refrão com o da canção "Egotrip", da Blitz. Porém, a segunda canção, cuja execução foi iniciada em Janeiro de 1985, foi determinante para o sucesso da banda.
Seu primeiro LP, Nós Vamos Invadir Sua Praia, lançado alguns meses mais tarde, fez grande sucesso.

 

 Faixas

1. "Nós Vamos Invadir sua Praia"   Roger Moreira 4:18
2. "Rebelde sem Causa"   Roger Moreira 3:23
3. "Mim Quer Tocar"   Roger Moreira 3:51
4. "Zoraide"   Roger Moreira 3:28
5. "Ciúme"   Roger Moreira 4:09
6. "Inútil"   Roger Moreira 3:37
7. "Marylou"   Edgard Scandurra/Maurício/Roger Moreira 2:18
8. "Jesse Go"   Maurício/Roger Moreira 3:52
9. "Eu Me Amo"   Roger Moreira 3:34
10. "Se Você Sabia"   Roger Moreira 3:39
11. "Independente Futebol Clube"  


Foi o primeiro LP de Rock no Brasil a ganhar Disco de Ouro e Disco de Platina.[1] A maior parte de suas músicas tinham generalizado sucesso e a banda quebrou recordes de público em diferentes locais em todo o país, como o Canecão, no Rio de Janeiro. No início de 1986, gravam um LP chamado Liberdade Para Marylou, com uma versão remixada de "Nós Vamos Invadir Sua Praia", a canção inédita "Hino dos Cafajestes" e uma versão de "Marylou" em ritmo de Carnaval, que foi bastante tocada nos bailes de carnaval da época.



Em 1987, durante as gravações do segundo LP, "Sexo!", Carlinhos (com a possibilidade de uma mudança para Los Angeles para formar sua própria banda), deixou a banda e Sérgio Serra o substituiu.[1] Faixas

Download

O segundo álbum foi tão bem sucedido quanto o primeiro, com a canção "Eu Gosto de Mulher" atingindo um máximo de 96#, no Hot100Brasil.[carece de fontes?] O sucesso do álbum levou a mais shows por todo o Brasil e a escrita de mais músicas.

Maturidade e mudanças

Em 1989, mais maduros e um pouco cansados pelas constantes turnês, é gravado o terceiro disco, "Crescendo".

Faixas




O álbum vendeu bem, mas os meios de comunicação social estava a começar a perder o seu interesse em Ultraje após quatro anos de sucesso. Mesmo assim, o grupo ainda provocou polêmica, ao fazer uma provocação ao anúncio do fim da censura oficial, com a canção "Filha da Puta". A canção foi censurada extra-oficialmente, em muitas estações de rádio e programas de TV, o que dificultou a promoção do álbum. Outras canções picantes com temas como "O Chiclete" e "Volta Comigo", uma música que trata de adultério, tiveram suas execuções comprometidas. Daí pra adiante deu-se início aos anos 90 e aí já é outra história...


Integrantes


Ex-integrantes
  • Leonardo Galasso (Leôspa) - bateria (1980-1990)
  • Sílvio - baixo (1980-1981)
  • Edgard Scandurra - guitarra solo (1981-1983)
  • Maurício Defendi - baixo (1981-1989)
  • Carlo Bartolini (Carlinhos) - guitarra solo (1983-1987)
  • Andria Busic - baixo (1988-1989)
  • Flávio Soares Suete - bateria (1990-2002)
  • Osvaldo Fagnani - baixo (1989-1990) (em 2005, Oswaldo retornou ao Ultraje como tecladista e backing-vocal da banda de apoio do grupo)
  • Heraldo Paarmann - guitarra solo (1990-2002)
  • Sergio Luis Graciano Petroni (Serginho) - baixo (1990-1999)
  • Sérgio Henrique Figueiredo Serra (Sérgio Serra) - Guitarra (1987-1990) (2002-2009)

Discografia

EPs

Álbuns de estúdio

Coletâneas

Álbuns ao vivo


Discos:
















quinta-feira, 10 de março de 2011

Bom Bom - Vamos a la Playa 1984

Bom Bom: Formado por quatro garotos bonitinhos, também com roupas iguais. Mas no Bom Bom cada um tocava um instrumento. Sumiram do mesmo jeito que invadiram as rádios com a avassaladora Vamos a la playa. Foi sucesso absoluto no verão de 1986. Tudo bem, você não lembra do grupo, mas leia a última estrofe: “Sanduíche natural/ Mate gelado com limão/ Tudo em alto astral/ Que chocante esse verão/ Vamos a la playa, ô, ô, ô, ô, ô. Vamos a la playa, ô, ô, ô, ô, ô”. Pura poesia.


video

Marcelo - Encanto 1983




Cantor e compositor carioca, Marcelo Costa Santos, ou simplesmente Marcelo, passou os últimos 30 anos fazendo o que mais gosta: hits. Encanto é seu quarto albúm foi lançado em 1983 com destaques para as músicas "Nos Dois" e "Salto no Escuro", com participação de Marina Lima.

Faixas:


01 - Encanto
02 - Transas de Amor (Os Sonhos de Quem Ama)
03 - Nós Dois
04 - Quase Um Vício
05 - Vou Te Contar Um Segredo
06 - Não Leve Nada a Sério
07 - Ontem, Hoje, Amanhã
08 - Salto no Escuro
09 - Feiros de Música
10 - Sufoco ou Rebô
11 - Atos Loucos
12 - Só Pra Te Agradar


Download